Daniela Mercury Declara: ‘Meu Legado é Abrir Cabeças’

02 Mar 2019 04:15
Tags

Back to list of posts

<h1>Conhe&ccedil;a 17 Aplicativos Pra N&atilde;o Atravessar O Dia Dos Namorados Sozinho</h1>

<p>Se a Isl&acirc;ndia tivesse um slogan nacional, seria ‘&thorn;etta reddast’, o que podes ser traduzido como a ideia de que tudo vai dar certo no final. Est&aacute;vamos em um recinto pela remota Westfjords, uma amplo pen&iacute;nsula pela regi&atilde;o noroeste da Isl&acirc;ndia, no momento em que nossa van de acampamento emperrou pela primeira vez. Era o fim de setembro, fim da temporada tur&iacute;stica numa por&ccedil;&atilde;o da Isl&acirc;ndia que recebe cerca de 6% do n&uacute;mero anual de turistas do estado, e as estradas estavam todas vazias.</p>

<p>No momento em que finalmente chegamos em nosso apartamento, ligamos pra corpora&ccedil;&atilde;o de aluguel da van e falamos o que havia acontecido. Infelizmente, o mec&acirc;nico da cidade n&atilde;o estaria acess&iacute;vel antes de voltarmos a Reykjavik (a capital do pa&iacute;s). Uma procura r&aacute;pida no Google me contou que a express&atilde;o &thorn;etta reddast (pronunciada fet-ta rad-ust) n&atilde;o significa &quot;sinto muito, n&atilde;o sou pago o bastante pra me importar com os seus dificuldades&quot; ou &quot;tente n&atilde;o continuar perdido no meio do nada&quot;.</p>

<p>Significa &quot;tudo vai conceder direito no desfecho&quot; - e se a Isl&acirc;ndia tem um slogan, &eacute; este. A frase resume quase perfeitamente a maneira como os islandeses encaram a vida: com uma maneira tranquila e um vasto senso de humor. Alda Sigmundsd&oacute;ttir, escritora de numerosos livros sobre a hist&oacute;ria e cultura da Isl&acirc;ndia. &Agrave; primeira vis&atilde;o, parece uma filosofia estranha pra um recinto onde, por s&eacute;culos, v&aacute;rias coisas n&atilde;o funcionavam bem.</p>
<ul>
<li>Dezesseis de agosto de 2016 &agrave;s 20:53</li>
<li>Sozinha falou</li>
<li>Terezinha falou</li>
<li>413 Agostinho come&ccedil;a a redigir Cidade de Deus</li>
<li>PAMELLA alegou</li>
<li>oito 8 &quot;Sr. Monk e a Outra Mulher&quot; vinte e tr&ecirc;s de agosto, 2002</li>
<li>MARIA LUIZA DOS SANTOS citou</li>
<li>DiningIn: &quot;!&quot;</li>
</ul>

<p>Desde o estabelecimento da Isl&acirc;ndia no s&eacute;culo 9, tua hist&oacute;ria &eacute; cheia de contos de &eacute;pocas em que o &thorn;etta reddast n&atilde;o era aplic&aacute;vel. Ser&aacute; Que Voc&ecirc; &eacute; Piriguete? livro The Little Book of the Icelanders in the Old Days (&quot;O An&atilde;o Livro dos Islandeses dos Velhos Tempos&quot;, em tradu&ccedil;&atilde;o livre), Sigmundsd&oacute;ttir lembra alguns desses problemas: os longos invernos, a pobreza extrema, a servid&atilde;o. Havia erup&ccedil;&otilde;es vulc&acirc;nicas, como a erup&ccedil;&atilde;o de Laki em 1783 que matou 20% da popula&ccedil;&atilde;o ativa de cinquenta 1 mil habitantes, do mesmo modo 80% de suas ovelhas, que eram uma refer&ecirc;ncia vital de alimenta&ccedil;&atilde;o em um pa&iacute;s com pouca agricultura. Noivas Paulistanas 'importam' Tradi&ccedil;&otilde;es Estrangeiras Nos Casamentos tempestades que inundaram e afundaram as embarca&ccedil;&otilde;es usadas para pesca, matando boa fatia da popula&ccedil;&atilde;o masculina de cidades inteiras.</p>

<p>As coisas estavam t&atilde;o ruins que at&eacute; j&aacute; no s&eacute;culo Come&ccedil;ar De novo: Mulheres Contam Como Recome&ccedil;aram Depois da Separa&ccedil;&atilde;o , 30% dos guris morreram antes de completar um ano de idade, segundo a escritora. Loira Rabuda &agrave; Pesquisa De Algu&eacute;m Pra Comer Teu Cuzinho Apertado , e essa &eacute;poca n&atilde;o est&aacute; t&atilde;o retirado deste modo. I Heart Reykjavik, Au&eth;ur &Ouml;sp. H&aacute; s&oacute; cinquenta anos, o vulc&atilde;o Eldfell explodiu na pequena ilha de Heimaey, expelindo milh&otilde;es de toneladas de cinzas, engolindo quatrocentos pr&eacute;dios e for&ccedil;ando a evacua&ccedil;&atilde;o de cinco 1000 pessoas que viviam l&aacute;. E, s&oacute; 23 anos atr&aacute;s, uma grande avalanche dizimou a cidade de Flateyri em Westfjirds, enterrando mais de uma dezena de casas e matando vinte dos trezentos habitantes da cidade.</p>

<p>At&eacute; mesmo em um dia sem desastres a Isl&acirc;ndia &eacute; ref&eacute;m das for&ccedil;as da meio ambiente. A ilha se move e respira de um jeito que poucas o fazem: fumarolas exalam vapores, refer&ecirc;ncias termais gorgolejam, g&ecirc;isers borbulham e cachoeiras trovejam. No clima vol&aacute;til do na&ccedil;&atilde;o, tempestades de vento conseguem obter a pot&ecirc;ncia de um furac&atilde;o, tempestades fortes s&atilde;o capazes de haver mesmo no ver&atilde;o e, nos dias mais escuros do inverno, o sol brilha por apenas 4 horas. Para estes islandeses resignados e tranquilos, &thorn;etta reddast n&atilde;o &eacute; uma recusa de enfrentar com os problemas, todavia uma admiss&atilde;o de que &agrave;s vezes voc&ecirc; precisa retirar o melhor da ocorr&ecirc;ncia.</p>

<p>A frase come&ccedil;a a se tornar um pouco mais coesivo no momento em que voc&ecirc; encontra que os primeiros islandeses n&atilde;o eram vikings que cruzaram oceanos em procura de novas terras para ocupar e tribos pra fazer briga. &Eacute; dif&iacute;cil idealizar que esses primeiros habitantes fizeram esse caminho sem mapas ou cada ferramenta de navega&ccedil;&atilde;o sem ter um tanto de expectativa cega. E, em muitos casos, os islandeses concretamente tornaram poss&iacute;vel o irreal. Em 2016, a Isl&acirc;ndia chegou a chocar o universo do esporte no momento em que ficou o menor pa&iacute;s do mundo a se qualificar para a Liga Europa da UEFA. O pa&iacute;s venceu a Inglaterra e foi para as finais contra a Fran&ccedil;a.</p>

Comments: 0

Add a New Comment

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License